terça-feira, 22 de abril de 2008

AC/DC - Going Dutch [2002]

-> all remastered soundboard



Se você já tem esse disco, eu sugiro que confira essa versão que estou postando porque ela é diferenciada. Como é que posso garantir que esta versão seja diferente da sua? Simples meu caro, eu mesmo montei esta variante a partir de outras gravações que encontrei por aí. Só que não desconfigurei o álbum não. O que aconteceu foi o seguinte: Uns dias atrás eu estava navegando, quando deparei com a capa desse disco. Uau! Que bela capa, eu quero esse bootleg (pensei). Saí à procura por tudo quanto é canto, blog, lojas, Torrent, E-Mule, e afins. Nada! O jeito foi tentar a busca através de outros nomes, assim, em vez de usar o título do álbum, procurei pelo local, nome da banda e data. Começou a dar resultado. Não encontrei o disco todo, mas partes dele foram aparecendo. Descobri também que ele tem outros nomes e versões como Nijmegen, Amsterdam 1979, Bon Scott Forever II, Rock N Roll Will Never Die... No fim das contas, eu tinha somado uma série de arquivos referente a essas duas apresentações realizadas na Holanda (a primeira em Nijmegen, no dia 23 de outubro de 1978 e a segunda em Amsterdam, dia 12 de novembro de 1979). Inclusive uma gravação de cada um desses shows feita a partir de transmissão radiofônica que estava mesmo muito bem equalizada levando-se em conta que são bootlegs. Já tinha mais do que precisava, mas queria achar o Going Dutch original, e de tanto procurar acabei encontrando, estava lá na comunidade virtual Guitar 101 (um tipo de Orkut musical). Putz! Um lugar tão óbvio para se encontrar bootlegs, como não pensei em procurar ali antes? Só que depois de ouvir, descobri que o áudio era meio ruinzinho. Daí eu tive a idéia de remontar o disco com os arquivos que consegui. Ficou perfeito e praticamente igual ao disco original, a única diferença é que eu não tinha a faixa 11, “Live Wire” (show de Amsterdam) com boa qualidade sonora, então eu a troquei pela “Walk All Over You”, o que ficou até melhor, porque “Live Wire” já toca na abertura do disco (show de Nijmegen). Pensei em incluir mais faixas, mas não coube. No fim, o resultado foi bastante satisfatório, os mesmos shows, músicas e capa, tudo igual ao original, só que com uma qualidade de áudio bem melhor. É para ouvir no talo, pois é rock’n’roll de primeiríssima qualidade!






AC/DC - Going Dutch

Tracks 1-10: Nijmegen, De Vereeniging (all remastered soundboard) Oct 23, 1978.
Never before released on this quality and with the proper speed! Also includes portions that have been omitted on other releases.
Tracks 10-15: Amsterdam, Jaap Edenhal- Nov 12, 1979.






AC/DC - Going Dutch p1
AC/DC - Going Dutch p2

11 comentários:

Anônimo disse...

Buddy Woody, primeiríssima qualidade é a potranca da capa.
AC/DC? Qual é, meu, desce, baixe a gostosa p nós, p nós o quê, p mim! hehehe
Abraços, Dom Juan

Anônimo disse...

Eu como ela e vc? hehehe

woody disse...

Bem meu amigo, o disco do AC/DC é ótimo, mas, parafraseando o popular Alberto Roberto: a mocinha da capa é simplesmente o máximo!

Tanto que eu estava até estranhando a demora nos comentários. Será que os frequentadores da casa não são chegado nessas coisas?

Agora pelo menos eu sei que tem alguém que gosta!

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Faaaaaala, Woody!
O disco poderia até ser uma merda daquelas, mas a capa realmente é daquelas que fazem a gente comprar o disco rsrsrs AC/DC com Bon Scott até mal gravado vale à pena, valeu!!
Abração.
ML

woody disse...

Grande Maddy!
É mesmo cara, confesso que meu interesse pelo disco começou pela capa. Está aí a prova cabal de que a embalagem vende. Agaro AC/DC sem Bon Scott não existe, ainda mais pelo fato de que quem o substituiu foi o Pato Donald. Brian Johnson é gritaria pura.

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Grande Woody!
Cara, sobre o Brian Johnson concordo contigo em parte: a mistura de Pato Donald histérico, Zé do Boné caminhoneiro e Bruce Springsteen bêbado realmente não é essa coisa toda como cantor, nem de longe, mas o cara tem carisma e participou de um dos melhores discos da banda, talvez um dos melhores de todo o Hard Rock, Back In Black, um ícone do rock.
É claro que ele nem chega perto do carisma e do jeito mais do que sacana e cínico do Bon Scott, mas quem conseguiria tal façanha? rsrsrs
Abração.
ML

woody disse...

Pois é meu caro Maddy, é verdade que o Back In Black, é um ícone do rock e foi considerado um dos melhores discos da banda, pero no me gusta! Para mim, os melhores são: High Voltage, Let There Be Rock e Highway to Hell. Mas dou alguns créditos ao Brian "Pato Donald histérico" Johnson por suas interpretações em "You Shook Me All Night Long" e "That's the Way I Wanna Rock & Roll", que realmente são muito boas. Também é verdadeira a sua alegação final, Bon Scott é mesmo insubstituível, e Brian pegou uma batata quente nas mãos e, mesmo eu não gostando dele, até que não se saiu tão mal. Pero que no me gusta, no me gusta!

bonantharia@gmail.com disse...

Devo Lhe parabenizar pelo Grande trabalho de trazer um Bootleg tão respeitado e até de certa forma difícil de se obter, entretanto, deficiente no que tange ao track "Live Wire".. Tenho um pouco mais de 430 Bootlegs do AC/DC e até o momento não localizei o Track em questão desta data, vale lembrar que da mesma forma poderia de "criar" outro Bootleg "Bisexual" e então, outros..
De toda forma desejo que continue tendo Sucesso e espero Visitar mais Vezes este Blog pois quem sabe encontro a "Live Wire" em outra Montagem, Forte Abraço,

antharia

ps.: Estou a Disposição

Eduardo disse...

fala ai...tem como a gente baixar os discos e claro a capa tb?
Abs,
Eduardo
eduardolarcher@gmail.com

LadyLi disse...

Link indisponivel
:~~~~~

woody disse...

LadyLi e Eduardo,

Aqui estão novos links, a capa e informações estão no pacote.


http://rapidshare.com/files/144163481/ACDC-GD-part1.rar

http://rapidshare.com/files/144166464/ACDC-GD-part2.rar

Abraço,
WOODY