quarta-feira, 30 de maio de 2007

Genesis - Centre Sportif Montreal [1974]

Eu estava com vontade de postar um progressivo e havia pensado no Pink Floyd, foi então que me toquei que já tem muito deles por aí, até mesmo bootlegs, então me lembrei deste Genesis. Ele é especial porque é um bootleg de áudio cristalino, o que não é muito comum e, também, porque é de 1974, época da turnê do Selling England by the Pound (1973), com o Gênesis em sua formação clássica: Perte Gabriel, Steve Hackett, Tony Banks, Mike Rutherford e Phil Collins. Ou seja, no melhor momento da banda. Este show aconteceu no University Sports Arena de Quebec, no Canadá, e foi gravado em 21 de Abril, o dia da inconfidência mineira (tá bom assim Miguelito?). Além disso, conta com a participação de Peter Hammill, do Van Der Graaf Generator. Então, fãs do rock progressivo, este disco foi especialmente postado para vocês. Pode ser apreciado sem moderação que não será prejudicial a sua saúde e nem tem contra indicações!


Genesis - Centre Sportif Montreal cd 1
Genesis - Centre Sportif Montreal cd 2

17 comentários:

mocho disse...

excelente eleccion , 1974 fue un buen año para el rock progresivo .
y para Genesis .

woody disse...

Esto es verdad, 1974 fue un buen año para el rock progresivo y todas las gran bandas Yes, King Crimson, Genesis, Pink Floyd, etc.

José Renato disse...

Grande Post Woody! Do Gênesis gosto de coisas daqui e dali, mas este Post está ótimo realmente, parabéns...

woody disse...

Pois é meu caro José, qdo eu disse que este Genesis era especial, eu não estava valorizando não, é só ouvir p ter certeza disso.

Ser da Noite disse...

Fala Woody,
Mais um link para me atracar. E o meu PC no conserto!
[ ]s

woody disse...

E esse eu recomendo!
Para quem gosta de Genesis na fase Peter Gabriel, é imperdível.

Anônimo disse...

Então,Woody,quer dizer que o "nosso descobrimento" foi no dia 21 de abril é??? FALA SÉRIO,CUMPADI!
Nesse dia,você estava com o fone na aula de História do Brasil,ouvindo esse bootleg! Hahahahahahaha...Que papelão,hein!
Foi "salvo" pelo qualidade do áudio...Um abraço,Miguel.

woody disse...

Miguelito mi querido!!
A bem da verdade a data oficial é 22 de abril. Mas isso foi uma convenção, pois históricamente não se sabe exatamente o dia com certeza (parece que a tal folinha era usada para outros fins - sabe como é né? O papel higiênico era meio escasso naquela época). Um tempo depois, apareceu um mané alcunhado de Tiradentes (aka Joaquim José da Silva Xavier) que dançou em uma batiba lá no morro carioca (é isso mesmo o cara dançou no Rio, embora a inconfidência seja mineira), "caguetado" por um meliante chamado Joaquim Silvério dos Reis. Junto com ele haviam outros comparças, mas eles tinham grana e como o "dentista" era o mais duro da gangue acabou ganhando de presente uma gravata de corda na manhã de sábado, do dia 21, de abril, 1792. Assim, neste dia se comemora o "Libertas Quae Seras Tamem" e, o descobrimento, no dia 22. Então tá né! Pode tirar um sarro, mas não estou de todo errado, o que significa que vc tb não está de todo certo. Se te interessa saber como foi o descobrimento, a história é mais ou menos assim:
Ano 1500 - Âncoras levantadas em Lisboa, a frota passou por São Nicolau, no arquipélago de Cabo Verde, em 16 de março. Tinham-se afastado da costa africana perto das Canárias, tocados pelos ventos alísios em direção ao ocidente. Em 21(19, 22, 36!?!?) de abril, da nau capitânea avistaram no mar, boiando, plantas. Mais tarde surgiram pássaros marítimos, sinais de terra próxima. Ao amanhecer de 22(19, 21, 36!?!?) de abril ouviu-se um grito de "terra à vista", pois se avistou um monte que Cabral batizou de Monte Pascoal, no litoral sul da atual Bahia. No entanto, contudo e porém há indícios históricos que os europeus estiveram por aqui antes disso lá no Norte do Brasil, mas isso é outra história.
E AÍ, FALA SÉRIO,CUMPADI! Tu também não é tão bom de história assim!! No entanto, em consideração à sua pessoa, e também pelo fato de que vc está mais certo do que eu nesta HISTÓRIA toda, vou trocar o descobrimento pelo tiradentes só para te fazer feliz e evitar que se repita esta HISTÓRICA discução!
Viu só? Taí a prova cabal de que música é cultura!!

Anônimo disse...

Ô da madeira...

Bastava só consertar a data e não precisava dar "aula",não! Ainda mais para quem é do RAMO,compreendeu,né?!
E ainda ficou faltando falar do Duarte Pacheco Pereira...Como vês estás desde já em prova final e sem consulta...Há e não há indícios,não. É mais do que comprovado que o Pinzón não pôde declarar que estas terras eram espanholas por causa do Tratado de Tordesilhas...Porém,esqueceram-se de avisar aos franceses,ingleses,holandeses...E tome de invasão,saques e muitas índias fudidas.
Finalizando,use,por favor,o termo Conjuração Mineira,pois inconfidente fica muito favorável para a visão da nossa ex-metrópole...A não ser,o pá,que tu tenhas um "baixo" vindo lá da santa terrinha. Não esqueças dos tremoços,cacildes!!!
Grande post,grande abraço,grande tentativa de aula - mas,acho que és melhor como músico - e rerere rê-rê prá você também,pois eu não consegui criar uma onomatopéia para aquela "risada" do teu avatar-ídolo.
Licencinha que eu vou pro download. Abração,Woody! Miguelito.

Anônimo disse...

Desconsidere a frase "Há e não há indícios,não"...A cachaça paraguaia já foi para o lixo,pronto!Um abraço,Miguel.

woody disse...

Pô! Depois dessa Pinzón (eu estava tentando lembrar o nome), deixa eu consertar o dito lá de cima. Tu é bom de história do Brasil mesmo! Só alguém do ramo pra lebrar desse cara.

Tá valendo, baixa aí que esse disco é duca!

P.S.:avatar-ídolo foi bacana!

Anônimo disse...

Esse tema é polêmico e muito interessante,Woody. Sem falar no preço da Independência(?),quantia mesmo,cara, paga à Inglaterra...
A idéia era de sedimentar mitos,como o Tiradentes,de barba e de lado,parecendo JC,e o Pedro - de caganeira,sério - lá nas "margens plácidas" com o braço levantado,que ajudassem a enaltecer determinadas figuras históricas durante o perídodo da ditadura no país.
E não seria o Cabral poupado dessa situação...E muito menos o Duque de Caxias(Coitada da alma do Solano López,Woody).
Um abraço,Miguel.

Hélio Rubens disse...

Simplesmente fantástico. Bom gosto, técnica e competência. O progressivo que permite a criatividade ilimitada. Obrigado por nos presentear com essa obra de arte.

woody disse...

Pois é Hélio, o q vc pensou foi o mesmo que eu qdo ouvi este disco pela primeira vez. Por isso o postei aqui, eu tinha de partilhar essa obra prima.

Miguel, tu me lembraste mais uma pérola da história do Brasil, a caganeira de Dom Pedro, que vinha montado num burrico as margens plácidas. Nada haver com aquela gloriosa pintura cujo autor me foge a lembrança ;o)

tchelo disse...

por favor post novamente cd1 do centre sportif pois o do link não da para baixar nen a pauuu!!!

Anônimo disse...

Excelente tu blog, por favor postear nuevamente CD1, un abrazo y gracias.

Anônimo disse...

Por favor, reposte o CD1 deste maravilhoso show...Obrigado e parabems pelo BLOG pelos links non-rapidshare