domingo, 2 de janeiro de 2011

Jeff Babko - Mondo Trio [2007]





Atendendo a minha súplica no post anterior, o blog Only Good Song gentilmente enviou um link para o mais recente trabalho de Jeff Babko, lançado em maio de 2007. Talvez, por gravar tão poucos discos e espaçados por um longo período, um disco de Babko nunca soa parecido com o outro, como se o artista quisesse sempre mostrar um lado diferente da sua faceta musical a cada trabalho. Em Mondo Trio, tudo está muito mais solto e experimental do que em Broject, em alguns momentos chega até a me lembrar um pouco do rock progressivo do Emerson Lake & Palmer. A resenha de Milkowski Bill que encontrei no site da gravadora AbstractLogix ilustra bem a situação:

Mondo Trio é essencialmente, um veículo experimental que permite a Jeff Babko mergulhar em alguns dos aspectos mais subversivos da sua musicalidade multifacetada, este trio renegado é também uma boa vitrine para o baterista Vinnie Colaiuta, que, como numa vingança, está totalmente solto sobre as nove faixas, e, ao mesmo tempo, uma audaciosa aventura para o saxofonista Jeff Coffin, do Bela Fleck and the Flecktones. Juntas, essas três forças musicais altamente criativas, conduzem um pacote musical de fusion, funk e jazz organ trio como num processo de purificação, obtendo resultados cintilantes.



"Esta banda representa uma libertação para mim ", diz o tecladista talentoso que aprendeu a tocar com formação clássica aos cinco anos de idade, para mais se formar em jazz pela Universidade de Miami. "É muito diferente para nós. Não temos a oportunidade tocar esse tipo de música em nossos contidianos profissionais, mas realmente nos divertimos fazendo isso. "



O som da bateria de Vinnie está muito presente na mistura musical ao longo do Mondo Trio, aterrando a sessão com uma autoridade retumbante. Como Babko explica: "Isso é coisa do engenheiro Niko Bolas. Ele trabalha gravando, principalmente, artistas de rock como Neil Young e Keith Richards. Ao ponto de poder ser considerado um produtor de rock, Niko conhece muito bem o Vinnie e tem trabalhado com ele há anos. Então eu sabia que obteria um bom som da sua bateria neste projeto. Antes de começarmos, dissemos a ele: Nós não queremos que isso seja uma gravação segura. Não queremos uma viajem muito jazzística, conduzida ao som do prato. Vamos deixar que seja bruto e capturar a energia ao vivo da sessão. E eu sabia que, dada a atitude de Niko e de onde ele vem sonoramente, que seria capaz de conseguir isso. Um monte de gente pode querer ter a bateria desempenhando um papel mais de apoio, mas aqui são realmente três vozes iguais. "

Essas três vozes, combinam uma explosão retumbante de energia cinética, causada por músicos inspirados dentro de uma volátil jam orientada a La Mondo Trio.
Por Milkowski Bill, do AbstractLogix





Jeff Babko - Mondo Trio

Essentially an experimental vehicle allowing Jeff Babko to delve into some of the more subversive aspects of his multi-faceted musicality, this renegade trio offering is also a brilliant showcase for all-world drummer Vinnie Colaiuta, who is turned loose on these nine tracks with a vengeance, and also for the audaciously adventurous saxophonist Jeff Coffin [Bela Fleck and the Flecktones]. Together these three highly creative musical forces push the envelope on funk, fusion and organ trio jazz originals with some cathartic, scintillating results.




This band represents a release for me," says gifted keyboardist who began classical training at age five and later studied jazz at the University of Miami. "It's so different for us. We don't get a chance to play this kind of music in each of our commercial situations but we really had fun doing it."

The sound of Vinnie's drums is very present in the mix throughout Mondo Trio, grounding the session with resounding authority. As Babko explains, "That comes from the engineer, Niko Bolas. He works on mostly rock records by people like Neil Young and Keith Richards. He would be considered a rock producer but he knows Vinnie real well and has worked with Vinnie for years. And so I knew he would get a great sound on his drums for this project. Initially we told him, 'We don't want this to be a safe recording. We don't want a pretty sounding jazz ride cymbal sound. Let's get it to be raw and let's capture the live energy of the session.' And I knew that given Niko's attitude and where he comes from sonically, he would be able to get that. And a lot of guys might want to have the drums play a more supportive role, but here it's really three equal voices."

Those three voices combine for one resounding burst of kinetic energy and inspired playing on the volatile jam-oriented Mondo Trio

By Milkowski Bill, from AbstractLogix




[*]


14 comentários:

Only Good Song disse...

"suplicas" é sacanagem.

Aonde peguei esse me foi oferecido o "Misfits Of Silence" por também módicos $ 7.99 (e também em módicos @192). Precisarás deste?

Agora, o que bate de baquetas esse batera é brincadeira. Só ele já valeria o disco.

Valeu mesmo!

woody disse...

Good Song,
Realmente, súplicas foi exagerado, mas serviu para mostrar o meu apreço pela coisa!

Quanto ao Vinnie Colaiuta, realmente um dos melhores bateristas da atualidade, toca muuuuito mesmo! Aliás os três últimos bateristas da banda do Franca Zappa, são maravilhosos: antes era o Terrie Bozo, ai veio o Colaiuta e por fim Chad Wackerman. Fala sério! Tudo peso pesado!

É claro que Misfits Of Silence me interessa, mas só se te interessar também. Porque não quero que você gaste essa grana só por minha causa, afinal já estou te devendo uma. O Mondo Trio já está valendo. Obrigadão amigo.

Abraço,
woody

Only Good Song disse...

Qdo li seu post eu estava fazendo algumas aquisições e resolvi ensacolar esse tb.
Evidentemente que se vc suplicasse pelo Luan Santana ou um desses filhos cantores de pais cantores, não rolaria.

E vamos combinar, R$ 13 (já que é só o mp3, fugimos da taxa de entrega) não paga nem dose de Whisky brasileiro. E nós merecemos no mínimo um 8 anos.

[] e não tenha preocupação com isso.

woody disse...

Ok amigo, não vou me preocupar, mas mesmo assim, vc tem crédito na casa, e mais hora, menos hora, vai procurar por algo e não achar, então pode contar comigo, tenho uma longa CDteca, embora a maioria dos títulos sejam manjados, vai que, de repente, eu tenho o disco que vc procura!

Abraço,
woody

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaaaaaaaaaande Mr Al!
Véi, eu tenho o disco do The Raging Honkies que você tá procurando (pra explicar a história, só indo aos comentários do G&B...) e logo vou te passar um link.
Vou aproveitar pra pegar mais esse do Babko (confesso que baixei o outro, mas ainda nem ouvi).
Até mais!
ML

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaaaaaaande!
Promessa é dívida:
http://www.multiupload.com/86C5PB1H7J

Nesse link estão os dois discos dos caras.

Se você quiser, não precisa publicar os comentários, OK?

Aquele abraço!
ML

woody disse...

Mr. Maddy, que grata surpresa!

Coincidência, eu estava ouvindo o Eloy, Ocean, neste exato momento, e toda vez que ouço um progressivo, me lembro do seu antigo blog e conseqüentemente de vc.

De fato, eu lí os comentários no G&B onde você pergunta sobre o disco, só não esperava que vc tivesse. Um deles eu já tenho, mas o outro estava foda de achar.

Valeu mesmo!!

Sobre o Babko, o primeiro é mais pé no chão, um fusion mais trabalhado nos arranjos e harmonias, o segundo é aquela coisa do deixa levar, porém igualmente interessante dado o peso dos músicos envolvidos.

Depois de ouvir, me conta o que achou.

Abraço,
woody

Only Good Song disse...

Olá outra vez
Não é necessário publicar o link, deixe para o post


o outro babko
http://www.multiupload.com/ZXLG3Z876E

Outra coisa.Vc saberia me dizer do que se trata isso

http://www.amazon.com/gp/product/B002NJX6WK/ref=sr_1_album_15_rd?ie=UTF8&child=B002NJVE10&qid=1294397927&sr=1-15

[]

woody disse...

Pô, valeu mais uma vez, agora estou te devendo duas!

Devo, não nego, pago quando poder!
Hehehehe!

Quanto ao disco do Amazon, não sei exatamente do que se trata, mas tenho uma suspeita quase 100%. Babko trabalha fazendo trilhas para cinema e televisão e, a julgar pelo nome do disco, é quase certo que se trata de uma coletânea de músicas feitas por ele para filmes de ação. Dei uma orelhada no preview, e até que não é mal. O que vc achou?

Abraço,
woody

Anônimo disse...

Eu? sei não, peguei sem ouvir.

Esse bABKO vai me levar a falência

Mas imaginei alguma coisa como uma trilha sonora. Fazendo uma pesquisa rápida não achei nada e, se for um filme, chega por aqui com cada tradução... Sinceramente, nao vou aprofundar não. Vou deixar pra quem for postar o disco (rs)

PS Vai sem assinar pq o google insiste em dizer que eu não existo.
Depois eu debito mais 7.99 na conta desse boteco...

woody disse...

Pô cara,
quer dizer que vc arrematou sem ouvir?!?! Tá podendo heim!

Olha, pelo que eu entendi, não é trilha de um filme, mas trilhas de filmes de ação, mas pode ser que eu tenha entendido errado, ou não!

Heheheh caetaniei!!

Abraço,
woody

luxorissa disse...

não conhecia este projeto mas o texto e a presnça de vinie colaiuta nele fez com que eu me interessase em baixar.
obrigado pela postagem

woody disse...

luxorissa,
se você gostar desse, experimente tb o outro disco, Broject, não é tão solto com este, mas é um fusion nervoso, mais pé no chão, um pouco mais pesado e com guitarras nervosas.

É nóis!
woody

Only Good Song disse...

Mania que tenho e costumo acertar 90% das vezes. Questão de feelin´ (rs). Pô trabalho 12 horas por dia e se não sobrar 20 contos no final do mês é melhor se matar....

Olha
Nem no site do selo informado pelo amazon achei nada sobre o bold action.

Então pesquisei pelo código do CD e descobri que essa Abaco Library disponibiliza sons. Só sons. Seja para comercial, games etc.

Mais: descolei esse torrent (9 gb) com uma biblioteca enorme dessa dessa Abaco, separadas em pastas (inclusive esse bold action). em @320.

http://www.multiupload.com/DW8MVS9X5B

É só escolher a pasta a baixar e divertir-se